04/08/2021 às 09h03min - Atualizada em 04/08/2021 às 09h03min

Em reunião com a OAB, Seris anuncia instalação dos parlatórios virtuais em Maceió e no Agreste

Em reunião com o secretário-Geral Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL), Leonardo de Moraes, e com a Diretoria de Prerrogativas na tarde dessa segunda-feira (2), o secretário de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), coronel Marcos Sérgio, anunciou a instalação dos parlatórios virtuais nos presídios Baldomero Cavalcanti (Maceió) e do Agreste (Girau do Ponciano). Além disso, ficou determinado que a advocacia não mais será submetida ao body scanner para ingressar às unidades prisionais. O presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas, Alexandre Ogusuku, também participou da reunião.

De acordo com o secretário-Geral, Leonardo de Moraes, a reunião teve como resultado grandes avanços para a advocacia.

“A reunião com o secretário foi bastante proveitosa, onde recebemos a notícia da instalação dos parlatórios virtuais, melhorando e facilitando os atendimentos entre os advogados e advogadas com seus clientes. Além disso o coronel Marcos Sérgio entendeu nossos questionamentos acerca do body scanner e determinou imediatamente que não fossemos submetidos a tal procedimento”, explicou.

Secretário-Geral da OAB-AL, Leonardo de Moraes, e Secretário de Ressocialização e Inclusão Social, Marcos Sérgio

O diretor de Prerrogativas, Silvio Arruda, o vice-presidente Felipe Mendes e o membro Lucas Moura também estiveram presentes na reunião.

Para o secretário Marcos Sérgio, as instituições sempre mantiveram boa relação e que atender o pleito da advocacia é auxiliar também nos trabalhos dos policiais penais dentro das unidades prisionais.

“A instalação dos parlatórios é um pleito antigo da OAB e que agora iremos atender. A demora se deu apenas para podermos viabilizar toda a parte burocrática”, disse.

O presidente Nivaldo Barbosa Jr. classificou como uma vitória da advocacia a implantação dos parlatórios, que era uma demanda antiga da Ordem.

“Desde o início da pandemia que temos tratado com a Seris sobre a instalação dos parlatórios, principalmente como um meio de manter o distanciamento social. Já adquirimos os equipamentos e aguardamos a data para instalá-los”, concluiu.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »