04/08/2021 às 19h16min - Atualizada em 04/08/2021 às 19h16min

Prefeitura apresenta ao MPAL projeto habitacional e de reurbanização da orla lagunar

Parque da Lagoa é um empreendimento habitacional que trará moradia digna, segura e confortável para mais de sete mil pessoas

Por Redação - Maurício Manoel
Reunião contou com a presença de secretários e representantes da comunidade da orla lagunar. Foto: Flávia Duarte/Secom Maceió

Representantes da Prefeitura de Maceió estiveram reunidos no Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), no Barro Duro, nesta quarta-feira (4), para discutir novas ações para reurbanização da orla lagunar e apresentar o projeto do Residencial Parque da Lagoa, no Vergel do Lago.

Estiveram presentes os secretários de Infraestrutura, Nemer Ibrahim, de Habitação, Eduardo Rossiter, Assistência Social, Carlos Jorge, e Segurança e Convívio Social, Thiago Prado. Além de moradores das margens da lagoa Mundaú, que puderam tirar dúvidas sobre a obra de reurbanização da região.

Apresentação da planta do Parque da Lagoa. Foto: Maurício Manoel/Ascom Habitação

Com um investimento de R$ 140 milhões de recursos do governo federal, o Parque da Lagoa é um empreendimento habitacional que trará moradia digna, segura e confortável para mais de sete mil pessoas moradoras da orla lagunar. No complexo, as famílias terão à disposição equipamentos de esporte e lazer, espaço para impulsionar o comércio de pescados, creche e posto de saúde.


Desde o início da gestão do prefeito JHC, em janeiro, uma equipe da Secretaria Adjunta de Habitação Popular tem trabalhado diariamente na conscientização e mapeamento das famílias que moram na localidade. Atualmente, o Parque da Lagoa já conta com 32 blocos de apartamentos em fase de acabamento. A previsão da Prefeitura de Maceió é entregar 50% do residencial em dezembro deste ano.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »