25/12/2021 às 21h40min - Atualizada em 25/12/2021 às 21h40min

Obras da Infraestrutura transformam realidade das famílias maceioenses

Ciclovia, Rota do Mar, Parque da Mulher e Programa Mais Asfalto levam mudanças a diversos bairros da capital

O primeiro ano de gestão do prefeito de Maceió JHC, em uma das prioridades de sua gestão, que investe em infraestrutura, está sendo marcado por uma série de obras e melhorias em diversos bairros, da parte alta à baixa da capital alagoana. O programa Mais Asfalto, por exemplo, está levando pavimentação às ruas e avenidas da cidade.

No Conjunto Village Campestre II, 17 ruas estão sendo beneficiadas com o programa. Os moradores, por sua vez, acompanham o avanço das intervenções e comemoram a chegada das ações. Mais de 81% da obra já foi executada e a previsão é que os serviços finalizem no final do mês de fevereiro.

“Fiquei emocionada em ver as máquinas passando na minha rua porque quando eu cheguei para morar aqui, há mais de 31 anos, só tinha barro e buraco. Então, só em a gente ver o sonho se realizando, sinto um privilégio muito grande. Temos mais liberdade de andar por essas ruas e não vamos mais nos preocupar com a poeira dentro de casa e nem com lameiro”, relatou, emocionada, a moradora do Village Campestre, Maria das Neves, de 66 anos.

Maria das Neves, moradora do Village Campestre II. Foto: Joyce Marina/Ascom Seminfra

Maria das Neves, moradora do Village Campestre II. Foto: Joyce Marina/Ascom Seminfra

Maria das Neves, moradora do Village Campestre II. Foto: Joyce Marina/Ascom Seminfra

Ainda na parte alta, os conjuntos Mutirão, na Chã da Jaqueira, e Eustáquio Gomes de Mello, na Cidade Universitária, também foram contemplados com as obras. 

“Vai ficar para os meus netos, que antes chegavam da escola com a calça toda melada de lama e agora tudo isso acabou. Agora, eles vão para escola com os sapatos limpinhos e sem lama. Não vai ter lama e nem mais poeira e quem ganha é a gente”, disse Maria Nazaré, moradora do Mutirão.

Maria Nazaré, moradora do Conjunto Mutirão, na Chã da Jaqueira. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Maria Nazaré, moradora do Conjunto Mutirão, na Chã da Jaqueira. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Maria Nazaré, moradora do Conjunto Mutirão, na Chã da Jaqueira. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Já na parte baixa, cinco mil moradores da Rua Novo Horizonte, na Grota do Ari, foram beneficiados. Também receberam recapeamento as Avenidas Comendador Gustavo Paiva e Brigadeiro Eduardo Gomes de Brito, em Cruz das Almas.

A Rota do Mar, principal via que liga o Complexo Benedito Bentes ao Litoral Norte, também está a todo vapor. Com mais de 80% de via pavimentada, os investimentos aplicados na obra já proporcionam mais mobilidade urbana à região e beneficia cerca de 100 mil pessoas.

Os maceioenses que circulam pela Avenida Fernandes Lima, no Farol, já conseguem ver o andamento e celeridade da obra de implantação da ciclovia. Com três frentes de trabalho, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) está dando continuidade a este importante equipamento, localizado no canteiro central de uma das principais avenidas da cidade, que beneficiará 200 mil ciclistas e proporcionará desenvolvimento e mobilidade urbana. Atualmente a ciclovia já conta com mais de 1,3 km de via concretada e já foram aplicados quase 3 km de meio-fio. Hoje 15 colaboradores fazem parte da equipe de execução. Mais de R$2,4 milhões estão sendo investidos.

Ciclista, Nayara Tayrona, relata expectativa na obra da ciclovia. Foto: arquivo pessoal

Ciclista, Nayara Tayrona, relata expectativa na obra da ciclovia. Foto: arquivo pessoal

Ciclista, Nayara Tayrona, relata expectativa na obra da ciclovia. Foto: arquivo pessoal

Nayara Tayrona, de 28 anos, é ciclista há dois anos e afirmou que o equipamento a motivará a praticar atividade física, bem como promoverá saúde e locomoção de forma mais segura, sem que os ciclistas precisem concorrer com os veículos.

“Considero esse projeto como uma prova viva de que a nossa cidade está sendo pensada para pessoas, de forma a humanizar o convívio urbano deixando mais harmônico e acessível. Afinal, muitos trabalhadores se deslocam do alto da cidade até o centro e vice-versa”, disse.

As obras do Parque da Mulher, na Jatiúca, também estão a todo vapor. Em abril, o prefeito JHC assinou a ordem de serviço, em mais de R$ 2 milhões, e autorizou o início imediato dos serviços. No bairro, a Prefeitura está implantando um espaço multifuncional com parquinho infantil, quadra poliesportiva, bicicletário, ciclovia, espaços para FoodTruck, espaço cultural, estacionamento, faixa de passagem elevada, além de ampla área verde. No total, 755 metros de praça serão entregues aos 50 mil moradores e visitantes.

Dona Maria Cristina e prefeito JHC na assinatura da ordem de serviço do Parque da Mulher. Foto: Edvan Ferreira

Dona Maria Cristina e prefeito JHC na assinatura da ordem de serviço do Parque da Mulher. Foto: Edvan Ferreira

Dona Maria Cristina e prefeito JHC na assinatura da ordem de serviço do Parque da Mulher. Foto: Edvan Ferreira

A moradora Maria Cristina está ansiosa pela conclusão da obra e diz que é muito gratificante ver o avanço da obra diariamente.

“Todos os dias eu observo o andamento da obra. A cada dia a gente vê que uma nova etapa está ficando pronta e deixando o nosso bairro ainda mais bonito. É motivo de uma alegria muito grande ver o nosso sonho, aos poucos sendo realizado”, informou a senhora de 53 anos, que mora em frente à praça desde os três anos, quando se mudou com os pais.

Em 2021, a Seminfra finalizou as obras de contenção na encosta da Grota Bom Jesus, no Benedito Bentes II. Mais de R$ 2 milhões foram investidos na barreira de contenção. Tecnicamente falando, a contenção da encosta Bom Jesus se faz em um solo ‘grampeado’ com concreto projetado, com área total de concreto de 2.427.27m². Mais de 400 moradores foram beneficiados.

Moradores comemoram conclusão das obras na encosta da Grota Bom Jesus.  Foto: Júnior Bertoldo

Moradores comemoram conclusão das obras na encosta da Grota Bom Jesus. Foto: Júnior Bertoldo

Moradores comemoram conclusão das obras na encosta da Grota Bom Jesus. Foto: Júnior Bertoldo

“Ajudou bastante a obra da contenção da barreira. Os moradores estão se sentindo mais seguros, pois com essa obra não ocorre mais deslizamentos. Antes da obra era muito perigoso, pois todas as vezes que chovia, a gente que mora aqui na comunidade não tinha um segundo de paz. Ficávamos a noite toda acordados e preocupados. Agora, tudo isso acabou”, confirmou Rosivan Fernandes, de 29 anos, líder comunitário local.

A Infraestrutura também executou obras de recuperação da ponte sobre o Riacho do Silva, localizada na Travessa Marquês de Abrantes, no bairro de Bebedouro. A reforma, que era aguardada há mais de 40 anos pelos moradores, durou cerca de 25 dias e já leva mais conforto e segurança à população. O acesso foi reconstruído em material de concreto, substituindo as madeiras que estavam desgastadas. No total, o equipamento tem sete metros de extensão e três de largura. Também foram implantadas bases de apoio da ponte para reforçar a segurança no local com a passagem de veículos.

Ana Maria da Silva mora na localidade há 60 anos e conta que já teve dois acidentes. “Vi muitos prefeitos prometerem que fariam a ponte, mas nunca cumpriram. A ponte só tinha duas tábuas e eu já cheguei a cair duas vezes. Não tinha segurança. Mas agora tudo melhorou, graças a Deus e ao prefeito JHC que, com sua equipe, construiu um novo acesso para mim e meus vizinhos”, comemorou.

Ana Maria da Silva, moradora da Travessa Marquês de Abrantes. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Ana Maria da Silva, moradora da Travessa Marquês de Abrantes. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Ana Maria da Silva, moradora da Travessa Marquês de Abrantes. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »