04/04/2022 às 19h28min - Atualizada em 04/04/2022 às 19h28min

OAB Alagoas pede que Estado crie núcleo especializado em Espectro Autista no Hospital da Criança

Presidente Vagner Paes entregou pedido durante inauguração da unidade estadual, que prestará assistência pediátrica

Por Redação

A Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) solicitou, nesta sexta-feira (1), que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) implante um Núcleo de Diagnóstico e Intervenção Precoce do Transtorno do Espectro Autista no Hospital da Criança, inaugurado nesta manhã em Maceió. O presidente da OAB/AL, Vagner Paes, entregou diretamente ao secretário Alexandre Ayres o pedido de criação do Núcleo, durante a solenidade de inauguração no novo hospital estadual.

Na proposta, assinada também pela presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Taciana Nunes de França Andrade, a Ordem pede que a Sesau destine quatro salas do Hospital da Criança para que o núcleo de atendimento multidisplinar possa ser implementado no estado. O secretário da Saúde, Alexandre Ayres, afirmou que o pleito será atendido pelo Governo do Estado.

A ideia é que o centro conte com neuropediatra e psiquiatra infantis, psicólogo, neuropsicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicopedagogo e nutricionista funcional, contribuindo com a inclusão social e funcional de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Prestigiamos a inauguração do Hospital da Criança e aproveitamos para entregar ao secretário Alexandre Ayres um pleito da advocacia e, sobretudo, das pessoas que estão no espectro autista, para que o hospital possa contar com um núcleo especializado”, destacou o presidente Vagner Paes, durante a solenidade de inauguração.

Com o ofício em mãos, o secretário Alexandre Ayres parabenizou a iniciativa da OAB Alagoas e destacou que a Secretaria de Estado da Saúde está preparando um projeto voltado para atender pessoas que estão dentro do espectro autista. “O Governo de Alagoas prioriza o atendimento e os cuidados com crianças dentro do espectro autista e assumimos o compromisso de instalar no Hospital da Criança um núcleo para acompanhamento do espectro autista”, concluiu.

O diretor do Hospital da Criança, João Lourival, também se comprometeu em atuar para a concretização do centro de referência. “Esse é um desejo nosso. Esse vazio não vai existir mais. É um compromisso nosso. A pediatria entende essa lacuna, é muito sensível à causa e vai brigar por essas melhorias”, ressaltou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »