10/04/2022 às 08h00min - Atualizada em 10/04/2022 às 08h00min

Projeto Praia Acessível promove inclusão na Orla de Maceió

Por Redação
Projeto Praia Acessível levou inclusão para a Orla de Maceió - Foto: Émile Valões

“Aproveitar esse mar maravilhoso, com águas mornas e transparentes, é muito gratificante. Esse projeto é bom demais, estou muito feliz”. Foi assim que a dona Irlanda Cavalcante Pires, de 73 anos, definiu a manhã deste sábado. A frase foi dita por ela enquanto voltava para a areia após um banho de mar na Praia de Pajuçara, durante a ação do Projeto Praia Acessível, realizado pela Prefeitura de Maceió.

Durante toda a manhã, pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou com outras comorbidades participaram de uma série de atividades esportivas e de lazer. A programação foi iniciada com uma aula de alongamento, seguida de um momento de dança e corrida acessível com cadeira de rodas.

Os participantes puderam ainda desfrutar de aulas de judô, boxe de cadeira de rodas, basquete 3x3 de cadeira de rodas e banho de mar acessível com cadeiras anfíbias, considerado um dos momentos mais aguardados pelos participantes. A edição deste mês também contou com aulas de stand up paddle e caiaque, além de serviços de saúde, como aferição de pressão e serviços fisioterapêuticos com alunos da Uninassau.

Renato Lourenço, que conquistou a medalha de primeiro lugar na modalidade de corrida acessível para adultos, destacou que o momento é uma oportunidade de encontrar os amigos. 

“Convido a todos que possuem algum tipo de deficiência a participarem desse projeto. É um momento de troca com os nossos pares, que possuem as mesmas limitações que nós, um momento para trocarmos experiências. É muito gratificante, pois nos divertimos, conversamos e ainda nos exercitamos”, pontuou o atleta.

De acordo com a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Patricia Mourão, o projeto está sendo retomado aos poucos, mensalmente, mas com a proposta de ampliação de ações e periodicidade.

“Em parceria com a iniciativa privada e as instituições, vamos trabalhar para que a capital avance ainda mais na oferta desses serviços. Hoje foi um dia especial, não somente para as pessoas com deficiência, mas também para os familiares e amigos destas pessoas. O Praia Acessível proporciona inclusão, momentos de lazer, desenvolvimento físico e muita troca entre os participantes. É um dos projetos prioritários da gestão do prefeito JHC”, destacou.

O Projeto Praia Acessível, coordenado pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), é realizado mensalmente em parceria com entidades e ONGs que atendem esse público. A retomada do projeto também contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Uninassau.

“Foi um momento ímpar, muito emocionante. Estamos felizes em poder contribuir com esse projeto tão importante para as pessoas com deficiência. Até o final do ano faremos diversas ações e com certeza será um sucesso, assim como foi essa retomada do projeto”, explicou a gerente de Atenção à Pessoa com Deficiência da SMS, Teresa Cristina Santos.

“Esse retorno estava sendo muito esperado por todos e, com muito planejamento e responsabilidade, conseguimos retomar o projeto. Todos os participantes estão com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo e com isso conseguimos planejar as próximas edições, que já acontece próximo mês, no dia 28”, divulgou o coordenador do projeto, João de Barros.

O Projeto Praia Acessível ocorre mensalmente na orla da Praia de Pajuçara, sempre nos fins de semana. No entanto, as cadeiras anfíbias estão disponíveis para empréstimos todos os dias da semana. As cadeiras possuem facilidade de deslocamento na areia e capacidade de flutuação na água. Para solicitar o empréstimo é necessário agendar com o coordenador do projeto, João de Barros, pelo número (82) 99102-4596. O tempo de permanência com o equipamento é de até sete dias.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »