11/04/2022 às 18h09min - Atualizada em 11/04/2022 às 18h09min

Forças Armadas compram mais de 35 mil comprimidos de viagra

Cerca de 28.320 comprimidos, será destinado à Marinha

Por Redação
Comprimidos foram comprados para destino a Marinha, Exército e Aeronáutica | Foto: Divulgação

As Forças Armadas aprovaram a compra de 35.320 comprimidos de Viagra, medicamento utilizado no tratamento contra a disfunção erétil, com dinheiro público. A informação foi obtida pelo deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) e publicada pela colunista Bela Megale, do jornal O Globo. 

O parlamentar identificou no Portal da Transparência e no Painel de Preços do governo federal oito pregões homologados em 2020 e 2021 e ainda em vigor neste ano. “Precisamos entender por que o governo Bolsonaro está gastando dinheiro público para comprar Viagra e nessa quantidade tão alta. As unidades de saúde de todo o país enfrentam com frequência falta de medicamentos para atender pacientes com doenças crônicas, como insulina, e as Forças Armadas recebem milhares de comprimidos de Viagra. A sociedade merece uma explicação”, afirma Elias Vaz.

Nos processos de compra, o medicamento aparece com o princípio ativo Sildenafila, composição Sal Nitrato (Viagra), nas dosagens de 25 mg e 50 mg. O maior volume, 28.320 comprimidos, é destinado à Marinha. Os medicamentos também atendem o Exército, com 5.000 comprimidos, e a Aeronáutica, com 2.000 comprimidos.

Em resposta à publicação, a Marinha alega que as licitações “visam ao tratamento de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar”


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »