18/04/2022 às 20h07min - Atualizada em 18/04/2022 às 20h07min

OAB Alagoas vai capacitar adolescentes de entidades de acolhimento de Maceió

Instituição firmou termo de cooperação com o Tribunal de Justiça para oferta de vagas de menor aprendiz

Por Redação

Com a proposta de se aproximar cada vez mais da sociedade, a Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) vai receber e capacitar adolescentes abrigados em instituições de acolhimento de Maceió. O presidente da OAB/AL, Vagner Paes, assinou, nesta segunda-feira (18), um termo de cooperação com o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) para oferta de vagas de menor aprendiz.

Serão ofertadas, inicialmente, vagas para adolescentes atendidos pelo projeto “Pavimentando Futuros” e encaminhados pelo TJ/AL, por meio da 28ª Vara da Infância e Juventude da Capital. Além desse programa, a OAB/AL conta atualmente com outras parcerias que garantem a presença de adolescentes na instituição, onde desempenham a função de menor aprendiz.

“Esse convênio tem uma importância muito grande, pois se trata de uma oportunidade imensa para os adolescentes, mas também para a Ordem, que passa a exercitar o seu caráter cidadão, um caráter de acolhimento para esses jovens. Que a oportunidade possa servir de ponte para, no futuro, uma experiência profissional consolidada”, destacou o presidente da Ordem em Alagoas, Vagner Paes.

O presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador José Carlos Malta Marques, ressaltou a parceria entre o Judiciário e a Ordem dos Advogados do Brasil. “Todos os passos que sejam dados na direção de apoio para a garantia do desenvolvimento dessa garotada é muito bom. Tenho o prazer de, nessa interinidade, assinar esse convênio, que vai possibilitar uma melhoria na vida desses jovens. Esse é o grande prêmio que a gente recebe”, afirmou.

No mesmo sentido, a vice-presidente da OAB/AL, Natália Von Sohsten, frisou a relevância social da iniciativa. “Esta é mais uma das formas de nós cumprirmos nosso papel e participar ativamente das pautas sociais”, expôs.

TERMO DE COOPERAÇÃO – Pelo Termo de Cooperação firmado entre a OAB Alagoas e o TJ, a entidade se compromete a receber dois menores aprendizes para capacitação profissional. Os adolescentes contarão com um plano de trabalho e terão suas atividades supervisionadas, de modo que possam ser acompanhados e qualificados.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »