01/05/2021 às 13h15min - Atualizada em 01/05/2021 às 13h15min

Sesau distribui 13.350 doses da CoronaVac para municípios retomarem a aplicação da D2

Segundo o Programa Nacional de Imunização em Alagoas, medida beneficiou 41 cidades

Por Redação
Com a nova remessa de vacinas contra a Covid-19 envia aos municípios, Secretarias Municipais de Saúde podem retomar aplicação da segunda dose. Foto: Carla Cleto

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL), distribuiu para 41 municípios alagoanos 13.350 doses da vacina CoronaVac para que as Secretarias Municipais de Saúde (SMS) retomem a segunda dose.

A informação foi confirmada pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, por meio de postagem em suas redes sociais. Assim que o Ministério da Saúde (MS) enviou uma nova remessa de vacinas para Alagoas, na última sexta-feira (29), o titular da Sesau informou que as pessoas que já haviam tomado a primeira dose e estivessem prestes a completar o ciclo de 28 dias, teriam a sua imunização completa.

Segundo o Programa Nacional de Imunização em Alagoas, Maceió recebeu 7.550 doses, Arapiraca - 1.500, Água Branca – 50, Anadia – 90, Batalha – 50, Belo Monte – 20, Boca da Mata – 100, Cacimbinhas – 100, Canapi – 50, Capela – 100, Feira Grande – 100, Flexeiras – 20, Girau do Ponciano – 200, Igreja Nova – 50, Japaratinga – 30, Lagoa da Canoa – 100, Limoeiro de Anadia – 100, Major Izidoro – 50, Maravilha – 20, Maragogi – 130, Marechal Deodoro – 490, Maribondo – 30, Murici – 20, Olho d´Água das Flores – 100, Palmeira dos Índios – 200, Pariconha – 50, Penedo – 100, Pilar – 100, Piranhas – 50, Rio Largo – 500, Santa Luzia do Norte – 40, Santana do Ipanema – 100, Santa do Mundaú – 80, São José da Laje – 30, São Miguel dos Campos – 530, São Sebastião – 40, Tanque d´Arca – 20, Taquarana – 100, Teotônio Vilela – 60, União dos Palmares – 200, e Viçosa – 100 doses.

A definição do quantitativo de doses do imunizante da CoronaVac ocorreu, de acordo com a necessidade dos municípios, e informado pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems).

Fonte:Ascom Sessau


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »