12/05/2021 às 17h07min - Atualizada em 12/05/2021 às 17h07min

Bolsonaro “inaugura” amanhã obras que o governo de Alagoas já entregou

Com medo da CPI, presidente encena solenidade de inauguração de viaduto usado desde dezembro pelos maceioenses

Por Redação
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Foto: Reprodução/internet
Enquanto Brasília pega fogo com os depoimentos do diretor da Anvisa, Antonio Barra Torres, e do ex secretário de Comunicação Fábio Wajngarten, que segue sendo interrogado na tarde desta quarta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro arruma as malas para aterrissar em Alagoas amanhã para cumprir uma agenda de relevância questionável.
No dia em que representantes da Pfizer falarão sobre a recusa de 70 milhões de doses de vacina para o Plano Nacional de Imunização pelo governo federal, Bolsonaro encena a inauguração de duas obras já prontas e entregues à população pelo governo do Estado.
Às 11h30, está marcada a solenidade de inauguração do viaduto da PRF, obra entregue pelo governador Renan Filho no dia 23 de dezembro de 2020. A cerimônia vai interditar parte do equipamento que já vem sendo utilizado pelos maceioenses há cinco meses e promete complicar o trânsito no local durante toda a manhã.
Vale dizer ainda que o governo Bolsonaro não investiu um centavo na obra, que custou R$ 77,4 milhões e teve contrapartida de R$ 25 milhões do governo estadual.
O “engenheiro de obras prontas”, como já vem sendo chamado o presidente, também vai “inaugurar” o trecho 4 do Canal do Sertão, em São José da Tapera, que já beneficia a uma população de 43.135 habitantes desde 2018. Os últimos cinco quilômetros foram finalizados e entregues pelo Governo de Alagoas no mês de abril, mais uma vez sem festividade por causa da pandemia. Entre as últimas quatro gestões presidenciais, o governo de Jair Bolsonaro foi o que menos investiu no Canal do Sertão: pouco mais R$ 178 milhões contra R$ 307 milhões repassados por Michel Temer, 335 milhões por Lula e R$ 1,4 bilhão por Dilma Rousseff.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »