31/05/2022 às 11h12min - Atualizada em 31/05/2022 às 11h12min

Prefeito JHC visita bairros afetados pelas chuvas e garante abrigo às famílias

Município continua com equipes trabalhando incessante na retirada de famílias que estão em áreas de risco

Por Redação - Sthefane Ferreira e Niviane Rodrigues / Secom Maceió
Prefeito JHC assegurou à população os apoios necessários para minimizar os efeitos causados pelas chuvas em Maceió. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

O prefeito de Maceió, JHC, esteve durante esta segunda-feira (30), visitando as residências das famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas em Maceió. JHC esteve nos bairros do Riacho Doce, na Região Norte, e na Favela Sururu do Capote, no Vergel do Lago para levar apoio e se colocar à disposição para ajudar e salvar as vidas dos maceioenses. Na ocasião, JHC também frisou a importância dos trabalhos preventivos e que o Município está garantindo tudo o que é necessário para dar assistência às famílias.

“Viemos visitar as áreas que têm maior chances de deslizamentos e mostrar que o mais importante é que fizemos um trabalho preventivo, ainda no ano passado, para retirar essas famílias das áreas de risco. Uma das pessoas salvas aqui no Riacho Doce foi a dona Francisca e ela está no abrigo da Prefeitura que é todo equipado. São situações muito complexas e graças a Deus não tivemos e que permaneçamos assim, sem perder vidas. Estamos indo até as famílias para dar orientações e todo o suporte. Vamos continuar firmes e vigilantes”, destacou JHC.

No Riacho Doce, na Região Norte de Maceió, os moradores relataram que por volta das 6h algumas ruas começaram a encher, e às 6h20 a água já havia inundado as casas. Com isso, a Defesa Civil está realizando levantamento para verificar quais as residências correm riscos de queda e fazendo encaminhamento também das famílias que tiveram residências alagadas, para que sejam encaminhadas para abrigos e aluguel social.

Leandro Manoel é morador do Riacho Doce e contou que a população está aflita e orientando que as pessoas busquem outros locais para evitar riscos.

“Aqui tem muita água, já fizemos um socorro na semana passada e a família está no abrigo da prefeitura. O que podemos fazer é aconselhar que eles precisam sair e dar apoio a essas famílias. Hoje muitas famílias perderam os móveis, e a Prefeitura veio aqui para dar o apoio e estamos fazendo o máximo para ajudar quem mais precisa”, disse.

Prefeito JHC ouve os relatos dos moradores sobre as chuvas que estão causando danos em Riacho Doce. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Prefeito JHC ouve os relatos dos moradores sobre as chuvas que estão causando danos em Riacho Doce. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Prefeito JHC ouve os relatos dos moradores sobre as chuvas que estão causando danos em Riacho Doce. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

De acordo com o coordenador geral da Defesa Civil de Maceió, Abelardo Nobre, o trabalho preventivo continua. “Estamos conscientizando a população e retirando dessas áreas de risco. Tivemos casos de pessoas que foram retiradas e depois da retirada, a barreira veio deslizar. Então, isso mostra que o trabalho vem funcionando, não tivemos óbito, várias barreiras deslizaram, e graças a Deus, sem vítimas”, frisou Abelardo.

A Prefeitura vai transferir o Posto de Saúde para o Centro Municipal Educacional Infantil e o abrigo provisório será na Escola Municipal Antônio Vasco, na Praça de Riacho Doce. Nesse local, as famílias necessitadas poderão ficar abrigadas.

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, afirmou que garantir abrigos para as famílias faz parte das ações preventivas que vêm sendo feitas.

“Vamos colocar abrigo provisório em Riacho Doce para salvar as famílias que estão em área de risco para centralizar ao máximo. Existe também o nosso abrigo no Jaraguá, que ainda não está em capacidade máxima e também pode atender, então se precisar de abrigo, liga no 199”, explicou.

Novos apartamentos – No Vergel do Lago, o prefeito JHC conversou com os moradores sobre a entrega dos apartamentos do Parque da Lagoa. O gestor frisou que com as novas casas, a comunidade terá mais dignidade.

“A gente fica muito feliz em deixar esse legado de transformação real, vamos começar a entregar as residências nas próximas semanas. Estamos sempre próximos dessas famílias, levando esperança”, disse o prefeito.

O Parque da Lagoa conta com 1.776 imóveis que serão ocupados por estas famílias. No local, os moradores terão acesso a água potável encanada, algo que boa parte das pessoas das comunidades Mundaú, Sururu, Peixe e Muvuca não tem.

Núcleo Comunitário de Defesa Civil - A Prefeitura de Maceió criou o Núcleo Comunitário de Defesa Civil em que líderes comunitários que já atuam com a população têm contato direto com a Defesa Civil de Maceió. Nos últimos dias, os NUDECs estão contribuindo com o Município na retirada das famílias em situação de risco.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »