06/04/2022 às 12h13min - Atualizada em 06/04/2022 às 12h13min

Teca Nelma é a nova líder do PSD na Câmara de Maceió

Por Redação



A vereadora Teca Nelma, após ter sua filiação rejeitada pela Federação do PT, PCdoB e PV, foi indicada como líder do Partido Social Democrático (PSD) na Câmara de Vereadores de Maceió pelo seu presidente Rui Palmeira. O PSD tem agora uma bancada formada por cinco vereadores: Teca Nelma, Samir Malta, Alan Balbino, Joãozinho e José Márcio. “Estou muito à vontade pra realizar, junto com a bancada, um grande trabalho pra melhorar Maceió. Seguirei lutando por aquilo que acredito, independente de qual partido estiver”, afirma Teca Nelma.


A jovem vereadora explica que havia recebido convites para se filiar nos partidos da Federação do PT e também no PDT, mas teve sua liberação partidária retida pelo presidente do PSDB, senador Rodrigo Cunha, até poucas horas antes do encerramento do prazo final de filiação. E o PDT não havia conseguido formar uma chapa.


“Fiz o requerimento com vários dias de antecedência, mas não obtive resposta da direção partidária nacional. O PSDB recebeu pedidos para liberação até de candidato a presidente da República e presidentes nacionais de partidos, como o MDB e o PSD. Mas o senador Cunha preferiu pressionar minha mãe, a deputada federal Tereza Nelma, para que ela não mudasse de partido. Só após pedidos da deputada estadual Jó Pereira e do deputado federal Arthur Lira ele fez a liberação. Primeiro, mandou uma carta sem assinatura. Depois, já mais de 18 horas da noite, assinou o documento”, conta Teca Nelma. 


Ela explica que a direção estadual do PT alegou que já era muito tarde para realizar sua filiação. Além disso, o deputado estadual Silvio Camelo, do PV, teria vetado sua candidatura. Só aceitaria outro candidato como Sérgio Toledo, deputado federal, que não disputasse com ele.

 

“Essa é a velha política oligárquica, que ainda está presente até em partidos de esquerda e progressistas. Mas não vou me impressionar com isso. Sei quais decisões tomar, ao lado dos excluídos, quando votarmos na Câmara de Maceió e também para presidente da República. Além disso, o Rui Palmeira me garante um mandato onde possa expressar livremente minhas opiniões, junto com nossa bancada”, conclui a vereadora Teca Nelma.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »